Margarida de Mello Aires (Miembro Honorario)

Margarida-de-Mello-AiresLugar y fecha de nacimiento: Rua: Rio de Janeiro, 280, 4º. Andar. CEP: 01240- 010, Bairro: Higienópolis, São Paulo, SP.CPF: 035 460 208-04 RG: 1 793 649
Nascimento: São Paulo, SP, Brasil, 1935
Nacionalidad: brasileira
Institución donde trabaja: Instituto de Ciências Biomédicas, Universidade de São Paulo.
Dirección: Avenida Professor Lineu Prestes, 1524
Número telefónico: 55-11-3091-7280 (USP) 55-11-3661-6102 (Resid.)
e-mail: mmaires@icb.usp.br

Breve descripción y logros de investigación

Há cerca de 40 anos investiga o papel do rim nos mecanismos que regulam o equilíbrio ácido-base e o volume extracelular; nos últimos anos, por microfluorescência (usando sondas intracelulares sensíveis aos íons hidrogênio ou cálcio) ou micropunção tubular renal in vivo (com microeletródios sensíveis ao íon hidrogênio), estuda os efeitos hormonais nesses processos. Especificamente, são pesquisadas as ações dos hormônios Angiotensina II, Angiotensina (1-7), Aldosterona, Arginina Vasopressina e Peptídio Atrial Natriurético sobre o trocador sódio/hidrogênio e a hidrogênio-ATPase do epitélio tubular renal.
Inicialmente, demonstrou que o organismo mantem o volumen extracelular em detrimento do pH, pois na Alcalose Hipoclorêmica (devido vómitos sucessivos), não tendo cloreto, para manter o volumem o rim reabsorbe mais sódio e bicarbonato (criando a Alcalose Paradoxal). Tem varios estudos sobre cinética da reabsorção de bicarbonato, validados pelas suas pesquisas indicando que no rim existe equilíbrio da PCO2 peritubular, celular e intratubular.

Mais recentemente, demonstrou que: i) a ALDO age no túbulo proximal com efeito rápido (não-genômico) e lento (genômico) e II) a AVP estimula o trocador sódio/hidrogênio pelo receptor luminal V2 e o inibe via receptor V1peritubular.